CLIQUE AQUI para pedir seu livro GEOGLIFOS GAÚCHOS com frete grátis* pra todo o Brasil

CLIQUE AQUI para pedir seu livro GEOGLIFOS GAÚCHOS com frete grátis* pra todo o Brasil
R$ 29,90 cada -*Informe-se sobre as condições da promoção - www.facebook.com/geoglifosgauchos

sábado, 18 de dezembro de 2010

Francisca Farias (Chiquinha), modista em Pelotas no início do séc. XX


Roupas de época existentes no acervo do Museu da Baronesa, em Pelotas/RS (Foto de Bruno Farias)

Francisca Farias, a popular Chiquinha, foi uma modista que viveu em Pelotas no início do século XX. Segundo sua sobrinha Irene (Portella) Farias Oliveira, filha de Aurora Portella Farias e Osvaldo Farias, "Chiquinha" era considerada uma das melhores modistas de Pelotas.

Foto de 1913-1914, tirada durante a construção da rede de esgotos de Pelotas, mostra também um pouco das vestimentas usadas na época pelos moradores da cidade (http://www.tuneisdepelotas.xpg.com.br/)

Francisca, irmã de Osvaldo Farias, era filha de Francisco de Paula Farias com sua primeira esposa Domingas Vicencia da Conceição, já que seu nome consta em documentos referentes ao inventário de Domingas.

A Sinhazinha e sua família, moradores do atual Museu da Baronesa e vizinhos da família de Francisco de Paula Farias, em uma foto que também exemplifica a moda do início do século XX (http://www.imagenshistoricas.blogspot.com/)
O nome de Francisca Farias realmente consta como modista  em Pelotas/RS no Almanak Administrativo, Mercantil e Industrial do Rio de Janeiro de 1914. Porém não se sabe exatamente qual seria o endereço de seu local de trabalho ou mesmo de sua moradia.

Um almanaque de 1914 cita a modista Francisca Farias (Site memoria.bn.br)

É provável que Francisca Farias tenha feito roupas para os maiores nomes da história pelotense daquela época. E é possível que seja a mesma Francisca Farias sepultada no jazigo 3060 do cemitério ecumênico São Francisco de Paula, na parte antiga do cemitério, apesar dessa informação ainda precisar ser confirmada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário