CLIQUE AQUI para pedir seu livro GEOGLIFOS GAÚCHOS com frete grátis* pra todo o Brasil

CLIQUE AQUI para pedir seu livro GEOGLIFOS GAÚCHOS com frete grátis* pra todo o Brasil
R$ 29,90 cada -*Informe-se sobre as condições da promoção - www.facebook.com/geoglifosgauchos

quarta-feira, 16 de março de 2011

Charque no espeto

À esquerda, pernil suíno e à direita, costela bovina - ambos charqueados (Bruno Farias)
 A receita do charque no espeto foi reproduzida a partir do site da ONG Viva o Charque. Fizemos esse com fogo de lenha, defumando um pouco a carne e realçando ainda mais o sabor do charque.

Fogo de lenha, é claro (Bruno Farias)

Foi assado um pedaço de costela bovina charqueada. Aqui adaptamos o mesmo preparo também para um pedaço pequeno charque suíno, de pernil.

O charque já no fogo, com a gordura virada para baixo

Depois de ser bem lavado com água corrente (a receita original diz pra deixar de molho e secar com um pano limpo), o charque deve foi espetado e colocado na churrasqueira com a parte da gordura virada pra baixo.

O fogo e o charque (Bruno Farias)
 Ali o charque fica por 15 minutos, até que a gordura derreta bem.

Depois de 15 minutos a gordura começa a derreter e pingar - REPARE NO PINGO DE
GORDURA DERRETIDA CAINDO DO CHARQUE DE PERNIL SUÍNO (Bruno Farias)
 Depois de derretida a gordura, o charque é virado para que a gordura escorra para a parte mais seca da carne por mais 15 minutos. Vale lembrar que o preparo do próprio charque também aproveita esse derretimento da gordura da carne e sua redistribuição através do calor do sol e do giro do espeto ou arame.

Agora que a gordura derreteu, é hora deixá-la escorrer para o
resto da carne, virando-a de cabeça pra baixo (Bruno Farias)
 Depois dos 30 minutos previstos pela receita da ONG VIVA O CHARQUE, os pedaços de charque assado no espeto ficaram assim:

O charque no espeto pronto pra ser degustado

A ONG recomenda esse prato com um pirão com leite. Mas ele também pode ser degustado cortando-o em pedacinhos bem pequenos, espetados em palitinhos de dente, com uma boa farinha de mandioca (com farofa ficaria salgado demais). Recomendo umas gotinhas de limão no charque suíno.
Aqui servimos o charque de porco no espeto picadinho com umas gotinhas de limão. Fantástico!


 -/-


"INGREDIENTES:
2 kg de charque gordo, de manta, novo.

PREPARAÇÃO:
Lavar bem o charque e deixar de molho durante 2 horas. Espetar e enxugar com um pano bem limpo. Levar às brasas com a parte da gordura virada para o fogo. Em seguida virar para que a gordura penetre no lado que é magro. Servir com um bom pirão feito com leite. Preparo: 30 minutos
Para 8 pessoas"

Nenhum comentário:

Postar um comentário